Condomínio saudável

Você sabe o que são condomínios saudáveis? Não? Tudo bem, a gente te explica.

O condomínio saudável é um termo usado quando o condomínio se preocupa e leva em consideração o bem estar de seus moradores. A questão tratada aqui é a da saudabilidade dos proprietários ou locatários. Condomínios de aparência notadamente bela e/ou moderna podem mascarar uma qualidade de vida ruim para os moradores.

Uma pesquisa feita pela OMS (Organização Mundial da Saúde), mostrou que mais de 30% dos ambientes construídos residenciais e mais de 70% dos comerciais, são insalubres, prejudicando a saúde das pessoas que ali vivem.



Para definir se um condomínio é saudável ou não, existem alguns critérios que dão credibilidade ao lugar. Por exemplo, a qualidade do ar interno. Um condomínio saudável tem que se preocupar com qualidade do ar, para que não haja casos de problemas de saúde causados pela pouca entrada de ar ou pela contaminação vinda de ar condicionados. A quantidade de luz que entra, também é muito importante. Pouca luz pode trazer problemas ligados a carência de vitamina C. Isso sem contar com os diversos problemas de insalubridade, como o mofo, que se prolifera rapidamente se houver umidade e ventilação inadequada.

É praticamente automático pensar em condomínio sustentável quando ouvimos o termo ‘condomínio saudável’. Porém, não são a mesma coisa – apesar de se complementarem. Quando cuidamos do ambiente, cuidamos de nós mesmos, logo, estamos criando um ambiente saudável e sustentável ao mesmo tempo, mas o foco aqui são as pessoas e como a saúde e o bem estar está diretamente ligado ao lugar em que se vive.

Como podemos analisar existem inúmeras responsabilidades dentro de um condomínio, e a principal delas é com os moradores. O síndico tem diversas funções mas prezar por um ambiente saudável para todos, deve ser a sua principal.

A LC TERCEIRIZAÇÃO quer conversar com você morador ou síndico!  CLIQUE AQUI para conversarmos sobre seu condomínio. 

0 Comentários